Como harmonizar queijos e vinhos

O bom desses dois itens é que eles também combinam com pães e frutas, dando assim uma variedade de itens a sua mesa.

A quantidade de queijos varia de acordo com a quantidade de pessoas que você vai receber em sua casa, mas, se for um jantar simples, o recomendando é que sejam servidos 3 tipos de queijos.

Sendo eles:

Suaves: Esses queijos são conhecidos pela maioria das pessoas, como a mussarela e o requeijão sólido ou de copo, por exemplo. Um bom acompanhamento para os queijos suaves são vinhos tintos leves ou brancos, meio secos ou rosé, caso você goste.

Médios: Uma opção simples mas de ótimo agrado é o queijo prato. Para todos os queijos com sabor médio, os vinhos podem ser tintos leves ou brancos, secos ou meio secos e rosé. Caso goste de champanhe, o mesmo pode ser seco.

Fortes: Provolone e parmesão são alguns exemplos de queijos fortes. Um bom acompanhamento para esse tipo de queijo é um vinho tinto Cabernet Sauvignon, Pinot Noir ou San Giovese.

 

Agora que você sabe um pouco mais sobre harmonização, prepare sua mesa e faça um jantar inesquecível com queijos, torradas, frutas secas e vinhos.